Ir a arriba

MUNDO GIRAS

Nascida em 2010, Mundo Giras é uma produtora cultural com base em São Paulo e Buenos Aires, que tem como objetivo desenvolver projetos culturais na América Latina com o Brasil como eixo principal. Trabalhamos com diferentes formatos: música, teatro, circo, dança, exposições, intervenções e festivais, acreditando fortemente no desenvolvimento das artes do nosso continente.

Promovemos a diversidade artística com uma programação que une vertentes de diferentes culturas, criando novas parcerias na cadeia cultural, aproximando novos projetos para a cena nacional e internacional. Desta maneira garantimos ao público novas perspectivas artísticas valorizando os espaços públicos e privados, sempre prezando pela tranquilidade, segurança e acessibilidade.

Contate-nos.
Equipe Mundo Giras

Creada en 2010, Mundo Giras es una productora cultural con base en São Paulo y Buenos Aires, que tiene como objetivo desarrollar proyectos culturales en América Latina con Brasil como eje principal. Trabajamos con diferentes formatos: música, teatro, circo, danza, exposiciones, intervenciones y festivales, creyendo fuertemente en el desarrollo de las artes de nuestro continente.

Difundimos la diversidad artística con una programación que une vertientes de diferentes culturas, creando nuevas sociedades en la cadena cultural, acercando nuevos proyectos para la escena nacional e internacional. De esta manera garantimos al público nuevas perspectivas artísticas valorizando los espacios públicos y privados, siempre respetando la tranquilidad, seguridad y accesibilidad.

Contáctenos.
Equipo Mundo Giras

ESCALANDRUM

[Jazz - Argentina]

MÚSICA

O renomado grupo de jazz argentino apresenta seu mais recente trabalho, o disco STUDIO 2, gravado no mítico estúdio ABBEY ROAD em Londres. Um repertório autoral que comemora os 20 anos da carreira do grupo e que traz matizes jazz da nova música portenha. Eles tem na sua história nomeações ao Grammy Latino como “Melhor disco instrumental”, também obteve 3 prêmios Gardel (maior premiação à música na Argentina) junto com o aclamado Gardel de Ouro pela sua trajetória, prêmio que ganharam figuras como Mercedes Sosa e Fito Páez. Também foram declarados de Interesse Cultural Argentino pela Prefeitura de Buenos Aires pelo seu aporte a cultura do país.

El renombrado grupo de jazz argentino presenta su mas reciente trabajo, el disco STUDIO 2, grabado en el mítico estúdio ABBEY ROAD en Londres. Un repertório autoral que conmemora los 20 años de la carrera del grupo y que trae matices jazz de la nueva música porteña. Ellos tienen en su história nominaciones al Grammy Latino como “Mejor disco instrumental”, también ganaron 3 premios Gardel (premiación mas importante a la música en Argentina) junto con el aclamado Gardel de Ouro por su trayectoria, premio que ganaron figuras como Mercedes Sosa y Fito Páez. También fueron declarados de Interés Cultural Argentino por la Prefectura de Buenos Aires por su aporte a la cultura del país.

NO TE VA GUSTAR

[Rock - Uruguai]

MÚSICA

Ao longo dos seus 20 anos de carreira No Te Va Gustar realizou importantes turnês por Argentina, Uruguai, Paraguai, Brasil, Chile, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Cuba, Panamá, México, Estados Unidos, Alemanha, Austria, Suíça, Inglaterra e Espanha. Tocando em estádios para mais de 40.000 pessoas, o grupo vem se posicionando com força na América Latina. O grupo recebeu 6 nomeações aos Latin Grammys incluindo em duas oportunidades as categorias "Melhor Álbum" e "Melhor Canção de Rock", MTV Video Music Awards, MTV Europe Music Awards, MTV Millennial Awards e foram distinguidos em varias edições nos Prêmios à Música Uruguaia.

A lo largo de sus 20 años de carrera No Te Va Gustar realizo importantes giras por Argentina, Uruguay, Paraguay, Brasil, Chile, Peru, Colombia, Ecuador, Venezuela, Cuba, Panamá, México, Estados Unidos, Alemania, Austria, Suiza, Inglaterra y España. Tocando en estádios para mas de 40.000 personas, el grupo viene posicionandose con fuerza en América Latina. El grupo recibió 6 nominaciones a los Latin Grammys incluyendo en dos oportunidades las categorias "Mejor Álbum" e "Mejor Canción de Rock", MTV Video Music Awards, MTV Europe Music Awards, MTV Millennial Awards y fueron distinguidos en varias ediciones en los Premios a la Música Uruguaya.

SOFIA VIOLA

[Música Popular - Argentina]

MÚSICA

Sofía Viola cresceu no underground de Buenos Aires e nas redes sociais sem premedita-lo, suas canções soam em lugares impensados e seguem atravessando fronteiras. Acompanhada com sua guitarra e seu charango percorreu diversas paisagens, onde ela ganhou músicas e cenários que formam a seu repertório. Com um estilo "arrabalero", rockero e tropical, ela compôs mais de uma centena de canções que passam por muitíssimos ritmos musicais de raiz latina e do jazz.

Sofía Viola creció en el underground del Gran Buenos Aires y la capital, también en las redes sociales sin premeditarlo. Sus canciones suenan en lugares impensados y siguen atravesando fronteras. Acompañada por la guitarra y el charangón ha recorrido diversos paisajes que le dieron canciones y escenarios que avivan su fuego. Con un estilo arrabalero, rockero, tropical y antiguo ha compuesto más de un centenar de canciones que pasan por muchísimos ritmos musicales de raíz latina y jazzera.

DOM LA NENA

[Música Popular - Brasil]

MÚSICA

Cantora, compositora e violoncelista nascida em Porto Alegre que mora atualmente na França. Com diversas colaborações no currículo de violoncelista, Dom foi se interessando cada vez mais por tirar o seu instrumento do seu lugar habitual, "clássico", levando-o a contextos mais populares, mais acessíveis. Em seus discos encontramos a mistura de suas influências clássicas com suas raízes brasileiras. Ela apresenta seu terceiro álbum solo, "Tempo" (Slap/Som Livre) que será inteiramente concebido em torno do violoncelo e da voz. Nele, ela explora profundamente a utilização do violoncelo, trabalhando o som do instrumento de uma maneira moderna, levando ao acústico o eletrônico, ao clássico o popular, os ritmos e as cores do Brasil.

Cantante, compositora y violoncelista nacida en Porto Alegre que vive actualmente en Francia. Con diversas colaboraciones en su currículum, Dom fue interesandose cada vez mas por sacar su instrumento de su lugar habitual, "clásico", llevándolo a contextos mas populares, mas accesibles. En sus discos encontramos la mezcla de sus influencias clásicas con sus raízes brasileñas. Ella presenta su tercer álbum solista, "Tempo" (Slap/Som Livre) que será enteramente concebido en torno del violoncelo y la voz. En el disco, ella explora profundamente la utilización del violoncelo, trabajando el sonido del instrumento de una forma moderna, llevando a lo acústico lo electrónico, a lo clásico lo popular, los ritmos y los colores del Brasil.

ANA TIJOUX

[Hip Hop - Chile]

MÚSICA

A nova sensação do rap latino tem nome, Ana Tijoux. De mãe francesa e pai chileno, esta versátil MC triunfou na América Latina, Europa e EUA, lugares que não duvidaram em se rendir ante as rimas de uma das maiores exponentes femininas do hip hop em espanhol. Com muitas nomeações a diversos prêmios como os MTV Video Music Awards Latin América, Prêmios Grammy e Grammy Latino. Revistas como "Newsweek" a classificam como "a raper latino-americana mais importante da cena internacional”, igual que a publicação da revista "The Rolling Stones" que a escolheu como a "melhor raper em espanhol”. Ana Tijoux mistura diferentes ritmos e culturas, que vão desde o "tinku" até o hip hop mais contestatario, com matizes instrumentais cheios de manifestos políticos, contingencias, carências sociais e culturais conhecidas por todos.

La nueva sensación del rap latino tiene nombre, Ana Tijoux. De madre francesa y padre chileno, esta versátil MC ha triunfado en América Latina, Europa y EEUU, lugares que no han dudado en rendirse ante las rimas de una de las mayores exponentes femeninas del hip hop en español. Tiene decenas de nominaciones a diversos premios como los MTV Video Music Awards Latinoamérica, Premios Grammy e Grammy Latino. Revistas como Newsweek la clasifican como "la rapera latinoamericana más importante de la escena internacional”, al igual que la publicación de The Rolling Stones que la eligió como la "mejor rapera en español”. Ana Tijoux mezcla distintos ritmos y culturas, que pasan desde el tinku hasta el hip hop más contestatario, con matices instrumentales llenos de manifiestos políticos, llenos de contingencia, carencias sociales y culturales conocidas por todos.

LOLI MOLINA

[Música Popular - Argentina]

MÚSICA

Aos 30 anos, a cantora, guitarrista e compositora argentina ganhou premios MTV e foi nomeada em duas ocasiões aos Prêmios Gardel, o maior premio à música na Argentina. Sua formação, formal e ecléctica, inclui incursões na música clássica, o jazz e o rock entre muitos e diversos estilos. Chico Cesar falou: “ficamos maravilhados quando escutamos como suas músicas aparecem, brilham e nos atravessam só com sua voz e guitarra”.

A los 30 años, la cantante, guitarrista y compositora argentina gano premios MTV y fue nominada en dos ocasiones a los Premios Gardel, premio mas importante a la música en Argentina. Su formación, formal y ecléctica, incluye incursiones en la música clásica, el jazz y el rock entre muchos y diversos estilos. Chico Cesar dijo: “nos quedamos maravillados cuando escuchamos como sus músicas aparecen, brillan y nos atraviesan solo con su voz y guitarra”.

3001 PROYECTO PIAZZOLLA – ELENA ROGER & ESCALANDRUM

[Tango/Jazz - Argentina]

MÚSICA

A ideia de se reunirem nasceu em Nova Iorque, em 2012, quando Elena Roger, em temporada na Broadway com o musical “Evita”, foi assistir ao show de seus conterrâneos – Escalandrum – no Clube Birdland, mítico reduto nova-iorquino de Jazz. A antropóloga cultural argentina María Susana Azzi afirma que: “A potência enérgica dos músicos que conformam Escalandrum mais a energia vital e a força expressiva de Elena, nos leva a uma outra dimensão. Este espetáculo percorre um itinerário portenho e atual. Ao escuta-lo, parece que Elena e Escalandrum se conheceram desde sempre: os une o talento, uma sólida formação profissional, experiência internacional reconhecida e uma grande paixão. A sincronia é notável. O legado musical de Piazzolla é profundo e intenso, é presente e futuro”.

La reunión de estos consagrados artistas argentinos, en su primer disco “3001”, refleja el espíritu de la música de Buenos Aires de ayer, de hoy y del futuro. Un repertorio en el cual Elena Roger y el prestigioso sexteto, liderado por Daniel “Pipi” Piazzolla, recorren obras emblemáticas de Astor Piazzolla y con el sonido de hoy. “Balada para un loco”, “Los pájaros perdidos”, “Chiquilín de bachín”, “La bicicleta blanca”, “Vuelvo al sur”, “María de Buenos Aires” son algunas de las canciones seleccionadas especialmente por los artistas que cuentan, además, con los arreglos de Nicolás Guerscheberg. La idea de reunirse nació en el 2012 en New York cuando la cantante, que se encontraba realizando temporada del musical Evita en Broadway, fue a presenciar el concierto de Escalandrum en el mítico Birdland. Luego del show quedaron en el aire ganas de compartir proyectos que en el año 2014 comenzaron a concretarse.

BERRA BOI

[Forró Eletrônico - Brasil]

MÚSICA

O grupo acumula influências de várias cenas musicais do planeta, do forro a funana cabo verdeana, da cumbia latino-americana a música sintética do kraftwerk, do kuduro angolano ao tecnobrega paraense. Sonoridades locais do grupo como forro ou ritmos indígenas se diluem ao dialogar com fragmentos de músicas tradicionais da África, América Latina ou beats eletrônicos das periferias do planeta.

El grupo acumula influencias de várias escenas musicales del planeta, del forro a la funana cabo verdeana, de la cumbia latinoamericana a la música sintética del kraftwerk, del kuduro angolano al tecnobrega paraense. Sonoridades locales del grupo como forro o ritmos indígenas se diluyen al dialogar con fragmentos de músicas tradicionales de África, América Latina o beats electrónicos de las periferias del planeta.

CAYÓ LA CABRA

[Murga - Uruguai]

MÚSICA

Gênero de teatro musical, a murga uruguaia reúne de 15 a 20 pessoas divididas entre diretor de cena, cantores e integrantes da bateria, que cantam e encenam letras de humor ou de protesto, cheias de críticas políticas ou sociais. Durante a encenação usam figurinos e maquiagem característica do gênero. Cayó la Cabra é uma murga cooperativa nascida na Murga Jovem de Montevidéu (Uruguai) que, logo após de obter o prêmio como "Melhor Espetáculo" durante tres anos consecutivos, participa desde 2012 do carnaval montevideano.

Genero de teatro musical, la murga uruguaya reúne de 15 a 20 personas divididas entre director de escena, cantantes e integrantes de la bateria, que cantan y actúan letras de humor o de protesto, llenas de críticas políticas o sociales. Durante el show usan diferentes trajes y maquillaje special. Cayó la Cabra es una murga cooperativa nacida en la Murga Joven de Montevideo (Uruguay) que, luego de ganar el premio como "Mejor Espectáculo" durante tres años consecutivos, participa desde 2012 del carnaval montevideano.

SOL ALAC

[Rock - Argentina]

MÚSICA

Na atualidade, Sol Alac trabalha com seu primeiro disco de estudio em um formato eletro-pop e ao mesmo tempo investiga em novas composições as possibilidades estéticas que propõe sua nova banda, composta por Murci Bouscayrol, Mat Dante e Baltazar Oliver. Com uma impronta rockera e performática, Sol se apresenta ao vivo como uma front woman carismática que se conecta com seu público e dirige seus músicos através de climas que vão desde paisagens épicas (Japon) até macumbas urbanas (Destroy), passando pelo pos-punk dos 80' (Puentes). Em suas letras, tanto em español como em inglês e português, se escutam como fábulas as incontáveis experiências mundanas de Sol, suas emoções mais intimas e suas convicções más concretas. Vestida com seu própria figurino, Sol deixa correr a primeira música enquanto um artista local faz grafites em seu corpo e nos músicos antes de encarar o público: ‘Se você soubesses, você cruzaría as pontes'.

Actualmente Sol Alac revisita su primer trabajo de estudio en un formato electro-pop al mismo tiempo que investiga en nuevas composiciones las posibilidades estéticas que propone su nueva banda, integrada por Murci Bouscayrol, Mat Dante y Baltazar Oliver. Con impronta rockera y performática, Sol se presenta en vivo como una front woman carismática que conecta con su público y dirige a sus músicos a través de climas que van desde paisajes épicos (Japan) hasta macumbas urbanas (Destroy), pasando por post-punks ochenteros (Puentes), sin abandonar nunca la voz propia. En sus letras, tanto en español como en inglés y portugués, se escuchan como fábulas las incontables experiencias mundanas de Sol, sus emociones más privadas y sus convicciones más férreas. Vestida con su propia ropa, Sol deja correr la primera pista mientras algún artista local grafitea su cuerpo y el de los músicos antes de interpelar a quienes escuchan: ‘Si supieras cruzarías los puentes’.

BABEL ORKESTA

[Gypsy - Argentina]

MÚSICA

O grupo une de forma irreverente o teatro e a musica, com uma formação particular e uma estética explosiva. A banda faz de cada show uma celebração, onde o baile e a diversão são os protagonistas. Rendendo sempre uma homenagem à alegria, à felicidade compartilhada, a esse momento único que convocam os ancestrais da Babel Orkesta: Gypsy, tarantela, “paso doble”, klezmer, swing, chamamé e outros. Esta banda participou do filme argentino “Relatos Selvagens”, que concorreu ao prêmio OSCAR como "Melhor Filme Estrangeiro". O filme é, ate hoje, o mais visto na historia do cinema Argentino.

El grupo une de manera irreverente el teatro y la mùsica, con una formaciòn particular y una estética explosiva. La banda hace de cada show una celebración, donde el baile y la diversión son protagonistas. Rindiendo siempre un homenaje a la alegría, a la felicidad compartida, a ese momento irrepetible que convocan los ancestros de Babel Orkesta. Ritmos como el Gypsy, tarantela, paso doble, klezmer, swing, chamamé invaden el escenario.

SOEMA MONTENEGRO

[Música Popular - Argentina]

MÚSICA

Cantora, compositora experimental e investigadora da voz latino-americana, mora em Buenos Aires, mistura os sons e imagens das paisagens da selva e das montanhas com sua poesía original, criando uma voz nova e única na cena musical atual da América do Sul. Ela conseguiu fusionar as diferentes latitudes musicais, na búsqueda de conectar-se com as origens da voz latino-americana e profundizar sua música. Recibido elogios de críticos de musicais internacionais do mundo todo, como artista multidisciplinaria, Soema participou no documentário de 2010 "The take away show # 100" do reconhecido diretor francés Vincent Moon e sua música recibeu elogios de publicações como a Rolling Stone, The Wire e La Blogotheque. Soema se apresentou em alguns dos festivais internacionais mais importantes da cena musical no mundo, em Marrocos, Espanha, França, Suíça, Bélgica, Australia, Alemanha, Polonia, Chile, Colômbia, Brasil e os Estados Unidos. Em 2019 lança o álbum "El Camino de Leda", uma coletânea em homenagem a cantora, compositora e musicóloga Leda Valladares.
O grupo realiza oficinas culturais para crianças e adultos.

Cantante, compositora experimental e investigadora de la voz latinoamericana, vive en Buenos Aires, mezcla los sonidos e imágenes de los paisajes de la selva y las montañas con su poesía original, creando una voz nueva y única en la escena musical actual de Sudamérica. . Ella ha logrado fusionar las diferentes latitudes musicales, en la búsqueda de conectarse con los orígenes de la voz latinoamericana y profundizar en sus sonidos.
El grupo realiza seminários culturales para crianzas y adultos.

BLOCO SAINHA DE CHITA

[Bloco de Carnaval - Brasil]

MÚSICA

Os artistas do bloquinho mais charmoso da Pompeia sacodem a poeira das sainhas e brincam com ritmos de norte a sul, leste a oeste do nosso Brasil! O show é uma viagem de mala, violão e cuia aos rincões mais diversos e distantes do nosso país e se transforma numa festa com os erês, eréias e toda a família. O bloco traz temas regionais como samba, frevo, ijexá, axé, carimbó, além de composições autorais que abordam o dia-a-dia esfuziante da criançada. São apresentadas canções do bloquinho que têm feito sucesso com os pequenos e pequenas, como "Quente, queimando", "Artistas mambembes", "E o neném fica com quem?" e "Tô de férias". Com o astral e a energia do carnaval de rua, o Sainha de Chita arrebata os pequeninos e infinitos corações pueris, fazendo uma grande balbúrdia. Aqui, o carnaval é plataforma de conexão com as outras linguagens musicais e alegoria para construir um colorido universo infantil. No show, a trupe parte pelo Brasil profundo, imaginação afora e adentro. Nessa viagem lúdica, a companhia leva malas, brincadeiras e canções. Os peraltas percorrem lugares reais e imaginários, divertem-se em brincadeiras de rua e de cachola e contam causos reais e de mentirinha. Divertido à beça, o espetáculo tem números, encenações, brincadeiras e interações, com direção artística de Thiago Amaral, Fabrício Licursi e Karina Giannechinni. A direção musical é de Guilherme Varella e Karina Giannecchini. Além de se apresentar todo ano no Carnaval, o grupo já passou pelas palcos do Sesc Pinheiros, Virada Cultural (Viradinha), Casa Natura Musical, entre vários ouros lugares. Nos shows do Sainha, recomenda-se vir de roupas confortáveis e cabeças abertas. Um sorriso no rosto e, quiçá, uma sainha de chita, para balançar a violinha. E, como gritamos no nosso blocão: Saia ou não Saia? Saia!!!

El bloco trae temas regionales como samba, frevo, ijexá, axé, carimbó, además de composiciones autorales que abordan el dia a dia de las crianzas. Con el astral y la energia del carnaval de calle, Sainha de Chita roba el corazón de los niños haciendo un gran despliegue.

EPIFOLIAS

[Cultura Popular - Brasil]

MÚSICA

Banda jovem experimental de pífanos e percussão que, além do repertório tradicional, percorre outras veredas musicais: baião, marcha, rasta-pé, samba matuto e bendito, também frevos pernambucanos, trilha de faroeste, música klezmer, merengues do Haiti, música cigana da Macedônia, música clássica (Beethoven e Villa-Lobos) e outros temas próprios. O grupo é formado por Lincoln Antonio, Clara Garcia Prado e Clara Kok Martins nos pífanos, Fagundes Emanuel Ferreira e Jonathan Dias Nunes na percussão.
O grupo realiza oficinas culturais para crianças e adultos.

Banda joven experimental de pífanos y percusión que, además del repertório tradicional, transita otras veredas musicales: baião, marcha, rasta-pé, samba matuto y bendito, también frevos pernambucanos, trilha de faroeste, música klezmer, merengues de Haiti, música cigana de Macedônia, música clásica (Beethoven y Villa-Lobos) y otros temas propios. El grupo esta formado por Lincoln Antonio, Clara Garcia Prado y Clara Kok Martins en pífanos, Fagundes Emanuel Ferreira y Jonathan Dias Nunes en percusión.
El grupo realiza seminários culturales para crianzas y adultos.

POIN - PEQUENA ORQUESTRA INTERATIVA

[Cultura Popular - Brasil]

MÚSICA

Projeto para todas as idades, desde infantil até adulto. Septeto formado por músicos que tocam violão, acordeom, flauta, violino, sousafone e percussão e que tem como principal característica a interatividade com o público, que é incluído de diferentes formas em todos os números musicais instrumentais apresentados. A presença de espírito e o bom humor são características onipresentes da POIN. O som da POIN é uma mistura de musica dos balcãs, klesmer, valsas malucas e musica cigana. O ritmo é contagiante e é praticamente impossível assistir ao septeto sem que o corpo inicie movimentos ao compasso da musica. A trilha sonora foi criada especialmente para o espetáculo e pensada para funcionar em locais alternativos, como a rua, ambientes abertos ou qualquer espaço que permita a presença do septeto e a participação do público nas brincadeiras musicais. Ideal também para cortejos, POIN – Pequena Orquestra Interativa é um espetáculo simpático e de fácil colocação, por não precisar necessariamente de sonorização nem iluminação ou qualquer outro elemento especial, ainda que possa ser também apresentado em palcos convencionais.
O grupo realiza oficinas culturais para crianças e adultos.

Proyecto para todas las edades, desde infantil hasta adulto. Sexteto formado por músicos que tocan guitarra, acordeón, flauta, violino, sousafón y percusión y que tiene como principal característica la interactividad con el público, que es incluído de diferentes formas en todos los números musicales instrumentales tocados.
El grupo realiza seminários culturales para chicos y adultos.

SCALENE

[Rock - Brasil]

MÚSICA

Composto por Gustavo Bertoni (voz), Tomás Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (baixo) e Philipe 'Makako' Nogueira (bateria), o quarteto mantém a regularidade de lançamentos fonográficos, tendo em sua discografia: Real/Surreal (2013), Éter (2015), magnetite (2017) e o EP +gnetite (2018), além do DVD Ao Vivo em Brasília (2016). Os trabalhos possibilitaram turnês nacionais com passagem por importantes festivais, como o Lollapalooza recentemente e o Rock in Rio, e também shows em eventos no exterior, entre eles o SXSW (EUA) e o Indie Week (Canadá). O disco Éter rendeu ao grupo o Grammy Latino na categoria “Melhor álbum de rock em português"; e fez com que a banda circulasse do underground ao mainstream, tornando-se um ponto de encontro entre as duas esferas. O Scalene intercala ainda lançamentos de discos com parcerias com outros artistas. Entre as collabs já realizadas estão: “Trans Aparecer” (2014), gravada com o Supercombo; o single “Relentless Game” (2015), feito com o Far From Alaska; “Clareia” (2018), criada com a francisco, el hombre e “Desarma”, junto ao rapper BK. Este ano apresentam seu ultimo disco "Respiro" (2019) que conta com participações da Xênia França e Hamilton de Holanda.

Compuesta por Gustavo Bertoni (voz), Thomas Bertoni (guitarra), Lucas Furtado (bajo) y Philipe "Makako" Nogueira (batería), el cuarteto mantiene la regularidad de los lanzamientos fonográficos, en su discografía: "Real/Surreal (2013), "Éter" (2015), "Magnetida" (2017) y EP "+gnetite" (2018), además del DVD en vivo en Brasilia (2016). Los trabajos posibilitaron giras nacionales con paso por importantes festivales, como el Lollapalooza y el Rock in Rio, y también shows en eventos en el exterior, entre ellos el SXSW (EEUU) y el Indie Week (Canadá). El álbum "Éter" le rindió al grupo el Grammy Latino al "Mejor Álbum de Rock en Portugués"; e hizo que la banda circulara del underground a los grandes escenários, convirtiéndose en un punto de encuentro entre las dos esferas. Este año lanzaron su último disco "Respiro" (2019), que cuenta con las participaciones de Ney Matogrosso, Hamilton de Holanda y Xênia França.

RUDY GÜEMES

[Argentina]

CIRCO / TEATRO

Rudy Güemes apresenta seu espetáculo “Rudy Güemes – Já! Boom!” com sua marca característica, misturando números clássicos da magica e do circo, mas sempre surpreendendo ao mostrar equilíbrio, risco com o Homem Bala que explode do canhão e arranca sorrisos com o Homem Balão.

Rudy Güemes presenta su espectáculo “Rudy Güemes – Já! Boom!” con su marca característica, mezclando números clásicos de la magia y del circo, pero siempre sorprendiendo al mostrar equilíbrio, riesgo con el Hombre Bala que vuela del cañón y arranca sonrisas con el Hombre Globo.

RUEDEenLA

[Argentina]

CIRCO / TEATRO

Três homens voltam a se encontrar em um dia qualquer, cansados da rotina do trabalho. Mas esta vez eles descobrem que, nos mesmos mecanismos que os sufocam, também está aquilo que os une, surgindo um mundo de risadas. Eles se submergem em uma procura, através de objetos cotidianos, na procura do extraordinário da existência. O resultado é uma obra que encontra a equação perfeita para que o humor, a música e o circo se unam e cheguem ao coração do público. RUEDEenLA é circo, clown, malabares, dança e música ao vivo com instrumentos convencionais e não convencionais.

Tres hombres vuelven a encontrarse en un dia cualquiera, cansados de la rutina del trabajo. Pero esta vez ellos descubren que, los mismos mecanismos que los sofocan, también está aquello que los unen, surgiendo en un mundo de risas. Ellos se sumergen en una búsqueda, a través de objetos cotidianos, buscando lo extraordinário de la existencia. El resultado es una obra que encuentra la ecuación perfecta para que el humor, la música y el circo se unan y lleguen al corazón del público. RUEDEenLA es circo, clown, malabares, danza y música en vivo con instrumentos convencionales y no convencionales.

CARAY CIRCO

[Argentina]

CIRCO / TEATRO

Um encontro engraçado entre a palhaça argentina Tita Pipistrela e palhaço argentino Rudy Güemes. Expressando-se através de distintas técnicas que o circo, a magica e o clown oferecem; conseguem divertir e surpreender tanto aos adultos como aos pequenos espectadores com suas habilidades, ingenio e travessuras. Malabares, acrobacias, monociclos, bolhas de sabão de todos os tamanhos, magica, equilibro. Um espetáculo com humor e diversão garantida.

Un encuentro gracioso entre la payasa argentina Tita Pipistrela y el payaso argentino Rudy Güemes. Expresandose a través de distintas técnicas que el circo, la magia y el clown ofrecen; consiguen divertir y sorprender tanto a los adultos como a los pequeños espectadores con sus habilidades, ingenio y travesuras. Malabares, acrobacias, monociclos, bolas de jabón de todos los tamaños, magia, equilibrio. Un espectáculo con humor y diversión asegurada.

 
 

RUEDOS DE UN PAYASO

[Argentina]

CIRCO / TEATRO

Um espetáculo circense que combina clown, mímica e malabares. No recanto do seu lar, o palhaço abre sua alma, enquanto pequenas e delirantes histórias se constroem por meio de brincadeiras: um microfone que não funciona, uma cadeira, balões imaginários, a leitura de um jornal, um participante do público e até o ritual cotidiano de ir dormir. Uma obra pensada para todo público, onde é possível ver que o mundo interior de um palhaço é feito de silêncio, risadas e poesia.

Espectáculo unipersonal donde se combina el clown, el mimo y el malabar. Donde las palabras las escribe el cuerpo. Desde un lenguaje universal los estados se alteran y modifican mientras avanza la función. En los rincones de su hogar el payaso desnuda su alma, mientras pequeñas y delirantes historias se construyen a través del juego constante: un micrófono que no funciona, una silla, globos invisibles, la lectura de un diario, un participante del público y hasta el ritual cotidiano de irse a dormir desencadenan secuencias impensadas. Un obra pensada para todo público, donde se deja ver que el mundo interior de un payaso está hecho de silencio, risa y poesía.

IRON SKULLS CO

[ESPANHA]

DANÇA /

DANZA

Iron Skulls Co, companhia de dança localizada em Barcelona, tem seus inicios no grupo de Bboying (Breakdance) conhecido como Iron Skulls Crew, formado em 2005. Formalizado como companhia nos anos 2012-13, se compõe de bailarines de diversas áreas da Espanha e é conhecida pelo seu estilo original, atraindo diversas disciplinas e continuamente investigando os límites de seu movimento. Os membros da companhia vem de diversos entornos, entre os que se destacam o Breakdance, o Hip-Hop, a dança contemporânea e a acrobacia, incluindo influências de várias disciplinas como as artes marciais, a produção musical, o desenho e a moda. Espetáculo SINESTESIA: Sinestesia representa um mundo post-apocalíptico, onde através da Dança Experimental se forma um grupo de sobreviventes e este inicia uma viagem à uma zona segura. O Hip Hop, a Acrobacia e a Dança Contemporânea se fusionam para criar uma linguagem onde o humano e o animal se unem, convidando o espectador a um jogo de interferências. Espetáculo NO SIN MIS HUESOS: É uma obra que comemora o quarto centenario da morte de Miguel de Cervantes (Abril 1616). A cia revisa a biografía do escritor para influenciar-se da sua historia e o contexto socio-político da Espanha do Século de Ouro, onde encontram como principais temas de criação os conceitos da religião e do exército. Espetáculo KINTSUGI: Kintsugi é uma técnica japonesa para reparar objetos que remonta ao século 15 e uma filosofia que afirma que as rachaduras e reparos fazem parte da história de um objeto e não devem ser escondidos. Eles aprimoram o objeto, expondo sua transformação e seu passado. Interessada em novas linguagens e limites de movimento, a cia. utilizou esta peça para explorar o formato do quinteto em busca da relação entre técnica, beleza e imperfeição através da dança. A cia realiza oficinas culturais para adultos.

CIA. VISTAS I+II

[ARGENTINA]

DANÇA /

DANZA

Esta obra participou do V Festival Internacional de Buenos Aires. Também se apresentou em numerosos ciclos e festivais nacionais e internacionais: Festival Internacional “A Sul”, Região de Algarbe, Portugal, Seminário Internacional Múltipla DanÇa, Florianópolis, Brasil. Em Argentina, no III Festival Danza Contemporánea de Buenos Aires, Festival 003 Danza de Bariloche, Festival El Cruce de Rosario, VIII Festival de Nuevas Tendencias de Mendoza, em Nudanz06, cidade de Rafaela, Santa Fe, no Encuentro de Orillas 06 cidade de Santa Fe e no 35º Aniversario do Centro Cultural San Martín de Buenos Aires. Foi selecionada para o Festival Internacional Quincena de Danza de Almada, Lisboa, Portugal. Obteve o Subsidio a Creación en Danza da Fundación Antorchas, Argentina e o Subsidio para Produção de PRODANZA da Secretaría de Cultura da Ciudad de Buenos Aires. Espetáculo VISTAS I + II: Vistas porque tem infinitos pontos no espaço desde os quais ver um objeto. Ou uma coreografía… Vistas porque tem infinitas formas que pode adoptar um objeto vivo. Ou uma dupla em cena… Um homem e uma mulher se relacionando com a linguagem pura do movimento e a forma, e um bandoneonísta em cena que se soma e modifica a energía e a tensão da dupla. O relato se constrói através da pura e estricta sucessão das vistas mostradas. Como um caleidoscopio de incontáveis imagens que juntas debelam seu sentido. A cia realiza oficinas culturais para adultos.

O MUNDO SEGUNDO MAFALDA

[Brasil]

MOSTRAS/FESTIVAIS/EVENTOS DE RUA /

MUESTRAS/FESTIVALES/EVENTOS

Elaborada integramente pelo Museu Barrilete (Córdoba, Argentina), com acompanhamento do cartunista Quino, criador da personagem que foi eternizada por sua sagacidade e reflexões existencialistas. Dividida em treze módulos, a mostra apresenta a história da criação de Mafalda, sua evolução e temas ao longo dos anos e também de seu criador, o cartunista Quino. Elementos como a casa, os brinquedos, o carro da família e um espaço que destaca as perguntas existencialistas da personagem ganham ambientes exclusivos e multicoloridos. O visitante encontrará, ainda, um ambiente com a biografia do autor e dos personagens, oficinas com recursos para montar sua própria historinha, a possibilidade de visitar um ambiente da casa da Mafalda ambientado na década de 1960, entre outros itens. Esta exposição mostra diferentes aspectos do cotidiano segundo a particular e perspicaz olhar da Mafalda. Se trata de uma visita ativa que nos permite ficar mais perto da personagem, da sua família e dos seus amigos através de uma serie de atividades e ambientações para experimentar seu mundo além da linguagem em preto e branco das  tirinhas.

OFICINA DE PRODUÇÃO CULTURAL E CIRCULAÇÃO NA AMÉRICA LATINA

com Hernan Halak

MOSTRAS/FESTIVAIS/EVENTOS DE RUA /

MUESTRAS/FESTIVALES/EVENTOS

O que é: trata-se de um convite para entrar no mundo da produção cultural nacional e internacional, com foco principalmente na música. Como montar uma turnê pela América Latina e desenvolver a carreira da sua banda fora do país. Um guia prático cheio de dicas e conselhos úteis para aproveitar ao máximo seu projeto. Facilitador: Hernan Halak, Argentino, dirige a produtora cultural Mundo Giras desde 2010, uma empresa que tem como objetivo desenvolver projetos culturais na América Latina com o Brasil como eixo principal. Também é diretor e curador do Festival MUCHO! que trabalha a cultura latino-americana em São Paulo, e é vicepresidente da Associação de Managers MMF LATAM, trabalhando em conjunto com mais de 90 produtores em 16 países da América Latina. Para quem: pessoas com interesse em produzir seus próprios projetos. Duração: 1h30 Recursos necessários: Um microfone e telão para projetar desde um computador (pode se adaptar a espaços sem essas especificações).

PRODUÇÃO DE EVENTOS/PRODUCCIÓN DE EVENTOS

Realizamos todo tipo de produção de eventos, públicos e privados, para entidades governamentais, centros culturais e marcas de diferentes setores. Contamos com uma equipe de trabalho de alto rendimento, ativa, respeitosa e profissional.

Realizamos todo tipo de producción de eventos, tanto públicos como privados, para entidades gubernamentales, centros culturales y marcas de diferentes segmentos. Contamos con un equipo de trabajo de alto rendimiento, activo, respetuoso y profesional.

FESTIVAL MUCHO!

[Brasil]

MOSTRAS/FESTIVAIS/EVENTOS DE RUA /

MUESTRAS/FESTIVALES/EVENTOS

Festival MUCHO! é um encontro anual da diversidade latino-americana. A música de nosso continente em sua máxima expressão contemporânea. Desde sua primeira edição propõe romper as barreiras do estereótipo latino, do folclore e das fronteiras trazendo por primeira vez a São Paulo um evento com representantes da América Latina que vem se destacando nos principais festivais em todo o mundo. Falar de América Latina ou de “latino”, vai além de pertencer a um país, um continente ou de simplesmente falar espanhol ou português. É a união horizontal de culturas, aproximação artística, fluxo de linguagens pioneiras que se destacam cada vez mais em todo mundo como fonte de fusão inovadoras de ritmos e gêneros.

Festival MUCHO! es un encuentro anual de diversidad latinoamericana. La música de nuestro continente en su máxima expresión contemporánea. Desde su primera edición propone romper las barreras del estereotipo latino, del folklore y de las fronteras trayendo por primera vez a São Paulo un evento con representantes de América Latina que vienen destacandose en los principales festivales de todo el mundo. Hablar de América Latina o de "latino", va más allá de pertenecer a un país, un continente o de simplemente hablar español o portugués. Es la unión horizontal de culturas, aproximación artística, flujo de lenguajes pioneros que se destacan cada vez mas en todo el mundo como fuente de fusión innovadora de ritmos y géneros.

OCUPAÇÃO MUNDO GIRAS

[Brasil]

MOSTRAS/FESTIVAIS/EVENTOS DE RUA /

MUESTRAS/FESTIVALES/EVENTOS

A Ocupação Mundo Giras conta com diferentes espaços, trabalhando com múltiplas intervenções artísticas ao longo do dia, tais como Contação de historias, Oficinas, Circo, Shows Musicais, Intervenções e gastronomia. Todos os eventos são gratuitos e acontecem em diferentes pontos da cidade de São Paulo. O uso apropriado dos espaços públicos desempenham diversas funções para a cidade: recreação, respiro para o ambiente urbano densificado, identidade para bairros ou até mesmo cidades inteiras, embelezamento do espaço urbano, possibilidade de interação e convívio social. Todos estes fatores ajudam no desenvolvimento das pessoas e em especial das crianças onde apreendem a conviver com os espaços da cidade, cuidar do meio ambiente de cada local e ajudar a transformar a rua em locais de acolhimento para brincar.